A partir do dia de hoje, 7 de julho, os bancos autorizados começaram a conceder novos empréstimos por meio do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte).

De acordo com a Receita Federal, 5,3 milhões de empresas têm direito ao crédito. Ao todo, o governo calcula que os empréstimos possam chegar a R$ 25 bilhões em 2021, valor inferior aos R$ 37,5 bilhões de 2020.

Na nova rodada do Pronampe, as micro e pequenas empresas poderão tomar empréstimos com taxa de juros máxima de 6% ao ano, o prazo para a empresa começar a pagar aumentou de 8 para 11 meses. O prazo máximo de financiamento subiu de 36 para 48 parcelas.

Pelo Pronampe, uma empresa pode tomar empréstimos de até 30% do valor da receita bruta anual registrada em 2019 ou 2020. Qualquer dúvida, entre em contato conosco!